sábado, outubro 01, 2005

Minuto a minuto

Perguntaste-me hoje “e tu, como estás?” como se receasses que eu já te tivesse esquecido...

Como estou?

A viver uma tremenda confusão de pensamentos, emoções, sentimentos e desejos.
Tão depressa sinto que não quero tomar uma atitude drástica, que te quero e te desejo, que tenho força e coragem para continuar “do teu lado” como no minuto seguinte, por qualquer pequena atitude tua, já te insulto e te odeio.
É mesmo verdade que o amor e o ódio caminham lado a lado!

Como estou? Baralhada, confusa, perdida...

Vou “estando”, vou disfarçando e fazendo “das tripas coração” para não demonstrar o que sinto cá dentro.

Como estou? Estou assim....
Hoje acordei feliz porque sonhei contigo e por momentos consegui matar as saudades do nosso amor.
Acordei feliz porque te tinha preparado uma pequena “surpresa” e estava desejosa de ta dar.
Acordei tão feliz que me apeteceu enviar-te uma mensagem, consciente e preparada para não receber resposta. Mas eu já te conheço e sei bem qual seria a tua resposta. Opto por fazer de conta que a recebi.
Continuo bem, com toda a força do mundo para te enfrentar.

Mas no final do dia uma certa atitude tua faz-me mediatamente mudar a minha alegria e confiança.
E tudo se passa pela minha cabeça...
Estarei a ser egoísta? Será que tenho o direito de fazer o que me apetece depois de me comunicares a tua decisão?....tenho mais é que te respeitar....
Mas...é tão difícil tentar esquecer uma pessoa que sei que ainda me deseja.....Como é difícil esquecer alguém que ainda não me disse “esquece-me!”. Infelizmente o coração não obedece às ordens que a razão dita e os sentimentos não mudam de um dia para o outro....
Depois dou comigo a pensar que acabarei por me cansar desta situação e que talvez a tua atitude seja a mais correcta e vai acabar por me trazer à realidade. Afinal não sou masoquista, gosto de dar, de me entregar mas também gosto de receber.

E os meus pensamentos voltam a baralhar-se..... Afinal, tu és um homem sensível e é impossível ficares indiferente perante a tua própria atitude.
De repente já estou a sonhar acordada....Imagino-te à minha espera, abraças-me e beijas-me como costumavas fazer e dizes que vais passar comigo o fim-de-semana... e eu largo TUDO e todos e corro para os teus braços. Como é bom sonhar!

Vou vivendo o dia-a-dia e dentro de cada dia, sinto que vou vivendo minuto a minuto...Ora avançando, ora recuando; ora cheia de confiança, ora desanimada.
Mas sinto também que o destino está nas nossas mãos. Sempre acreditei em nós e num futuro risonho à nossa frente. Acredito que isso ainda poderá ser possível....e é esse sonho que me vai movendo e dando forças para enfrentar os maus momentos que passo sozinha.

Vou “estando”....
Sei que também tu não estás bem mas isso não me conforta, muito pelo contrário, sei que não estás bem porque estás a agir contra o sentimento que ainda te liga a mim, por isso...continuo a sonhar...E isso ninguém me impedirá de fazer.

É o amor que sinto por ti que me vai fazendo levantar de manhã e tentar enfrentar o dia com a energia e alegria que sempre tive. Foi por essa alegria que te apaixonaste!
Quero muito ser feliz, quero muito fazer-te feliz...
Não me quero precipitar expulsando-te prematuramente do meu coração.
Hoje ainda consigo ver a luz ao fundo do túnel.
O nosso amor não pode terminar assim... é bonito e sincero demais para acabar tão repentinamente.....
NÓS merecemos um outro desfecho.

Adoro-te meu amor,
Espero que ao menos encontres algum conforto nas minhas palavras, nas minhas certezas e na minha esperança em NÓS.

“Aquele” beijo que tu bem conheces.....

11 comentários:

AS disse...

Se o teu coração tomou já uma decisão, porque esperas? Vai... tens uns braços á tua espera!!!

Beijos

pensamentos disse...

Olá,

Passei pela primeira vez aqui pelo teu cantinho,e gostei do que li...

Passo depois com mais tempo...

Beijo

Å®t_Øf_£övë disse...

Porquê?,
Como estás?
Tens que estar bem porque estás a amar, e isso é um previlégio que só alguns têm.
Tu não estás nem baralhada, nem confundida, nem perdida... tu estás apaixonada.
E como tu mesma disseste no outro teu texto, o amor por vezes incomoda.
Luta por esse amor, enquanto achares que vale a pena... enquanto o sentires, e enquanto sentires que é correspondido.
Assim um dia se te tiveres que arrepender, que seja por algo que fizeste, e não por algo que deixaste de fazer.
Beijinhos.

Visible Silence disse...

AMAS???
Claro que amas... por isso te sentes assim...
Como te entendo!!!! :):)
É dificil esquecer quem não nos diz nos olhos... "não te amo... esquece-me"...
Não permitas o ir "estando"... deixa tudo... corre atrás desse amor e não páres até ouvires ou veres nos seus olhos o "não te amo"...
Só nesse momento poderás saber que tudo o que dependia de ti está feito... aí pensa em ti... e fica feliz por ele estar feliz e por ele ter existido na tua vida...
Amiga... temos que ser sinceros com os nossos sentimentos e com os sentimentos de quem nos rodeia...
Luta... sofre... enquanto valer a pena e... tenta fazer sofrer o menos possível. Só assim somos felizes e vivemos o amor em pleno.
Beijinhos... não percas o ânimo

Visible Silence disse...

Querida amiga,
Acabei de ler as tuas palavras no meu cantinho... desculpa, sei que já devia ter escrito algo, mas o tempo nem sempre permite... há tanto para viver, não é???
Palavras é que não me faltam... muitas esperam guardadas na gaveta... terão seu tempo :):)
Talvez hoje... passa lá... adoro as tuas palavras... entendes o amor... chego mesmo a ver algumas semelhanças na nossa maneira de o viver... que achas? Será???
Obrigada e beijinhos

Carlinha disse...

É verdade que por vezes o Amor é confuso e não tão transparente como quereríamos. Mas o Amor é feito de pessoas, e as pessoas são difíceis. A cabeça de um ser humano deve ser das coisas mais difíceis de entender. Às vezes uma mesma pessoa contradiz-se a si mesmo.
Penso estares numa dessas fases na tua vida, numa fase confusa, de contradição, de certezas num dia e incertezas no outro. Espero que cheguem a um final feliz.
"Viver não custa, o que custa é saber viver"
Beijinhos

vero disse...

Ah, o amor....
Beijinhos***

Visible Silence disse...

Então...???
Espero que esta demora na escrita seja bom sinal... de que estás feliz...
Vou passando...
Como prometi já tenho novas letras lá no meu cantinho... a gaveta abriu-se :):)
Beijinhos

ApenasAlguém disse...

Olá. Vim aqui ter por acaso e acabei por ficar. Como te entendo bem. Gostava de te poder dizer alguma coisa que te desse força mas é difícil ,muito difícil porque não há nada a dizer. Se acreditas nunca pares de lutar. Fá-lo até ao fim, sempre com uma esperança reforçada. Não desistas ainda. Há tanto para viver, em cada dia que passa. O amanhã é outro dia.
Bj

maresia disse...

não é são o Amor e o Ódio que caminham juntos. O Amor está para leste ou oeste do Ódio, quem caminha junto do Ódio é a Paixão. Paixão de pathos, patalogia, doença...

Anónimo disse...

É estranho pensarmos que só nós estamos a passar por certas situações...Ao ler os teus textos vejo que estamos em situaçoes semelhantes...Digo-te para lutares por aquilo que amas, claro que ha dias menos bons, mas recorda-te das coisas boas e luta para que voltes a vive-las.Luta, apesar de cansar, ferir, magoar, luta, porque so assim saberás que deste o teu maximo...
as palvars que te estou a escrever, sao as que digo para mim todos dias...Porque ainda vejo a luz ao fundo tunel...